Topo

Como resolver problemas com a sua agência de viagens

Problemas são o que nós menos queremos para as nossas viagens.

 

Saiba como defender os seus direitos, o que fazer para tentar recuperar o dinheiro, quais os deveres das agências e como reclamar do serviço.

 

É sempre bom ter esta dica bem guardada!

 

 

Onde reclamar?

 

O Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo é uma entidade independente da APAVT (Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo) para defender e promover os direitos e interesses legítimos dos consumidores de serviços das agências de viagens de turismo associadas. As decisões do Provedor constituem fundamento, quando necessário, para o acionamento do Fundo de Garantia de Viagens e Turismo. Este Fundo permite aos clientes serem indemnizados por eventuais prejuízos decorrentes de incumprimentos.

Qualquer cliente de uma agência de viagens, associada da APAVT, pode apresentar uma reclamação ao Provedor do Cliente no prazo máximo de 20 dias úteis após o fim da viagem. O Provedor do Cliente não resolve reclamações referentes a Agências de Viagens não associadas. Consulte AQUI a lista de associados.

A reclamação pode ser apresentada por escrito e enviada por correio (registado e com aviso de receção) ou e-mail. Deve conter o nome, morada e outros dados de identificação e contacto do reclamante, a identificação da agência de viagens e operador turístico reclamados, data, local e programa da viagem e fundamentos da reclamação. Em alternativa, o cliente pode preencher o formulário online, disponível em www.provedorapavt.com.

 

 

 

Deixamos aqui passo a passo todos os cuidados que deve ter com as suas viagens, segundo a APAVT:

 

ANTES DE VIAJAR

 

1º Passo:
O primeiro passo para umas férias bem sucedidas passa pela selecção criteriosa da sua agência de
viagens.
Certifique-se que a sua agência é associada da APAVT, pois apenas estas são aderentes do Provedor do Cliente e, como tal, só os seus clientes beneficiam deste serviço. Consulte AQUI a lista de associados.

2º Passo:
Informe-se bem, junto do seu agente de viagens associado da APAVT, sobre o programa que vai efectuar e sobre o destino.
Este está especialmente habilitado para lhe dar todas as informações necessárias para o sucesso da sua viagem.

Dicas:
• Note, por exemplo, que a qualificação e a inerente classificação dos hotéis varia de destino para destino. Um 4-estrelas num determinado destino pode ser melhor que um 5-estrelas em Portugal, mas o inverso também é verdadeiro!!
• Note, por exemplo, que um “voo directo” pode implicar uma escala técnica ou operacional.
• Note, por exemplo, que na grande maioria dos casos o “all-inclusive” não tem associado o fornecimento gratuito de bebidas.
Quanto mais informado estiver, mais garantido é o sucesso da sua viagem.
O seu agente de viagens APAVT está preparado para lhe resposta às suas questões.

3º Passo:
Certifique-se que possui o número da apólice o nome da seguradora que garante a sua viagem, bem como o número da apólice de todos os seguros associados.
Dicas:
• Não facilite. Pergunte ao seu Agente de Viagens sobre os seguros disponíveis.
• Subscreva um seguro de cancelamento.

4º Passo:
Certifique-se que lhe são fornecidos, pela sua agência, contactos no destino caso necessite de alguma assistência local.

O MUNDO É SEGURO MAS EM PERMANENTE MUTAÇÃO. É FUNDAMENTAL QUE O ESTADO PORTUGUÊS SAIBA, EM CADA MOMENTO, SE HÁ CIDADÃOS NACIONAIS NUM DETERMINADO DESTINO. A SUA AGÊNCIA APAVT ASSEGURA ESSE REGISTO SE ASSIM O PRETENDER.

 

 

NO DESTINO

 

Na eventualidade de surgir algum contratempo no destino:

1º Passo:
Tente primeiro resolver localmente com o fornecedor do serviço e com o representante da agência/operador, através do contacto que lhe foi fornecido.
90% das situações podem ser resolvidas localmente.

2º Passo:
Persistindo a questão, contacte directamente a sua agência de viagens em Portugal. 70% das questões podem ser resolvidas pela sua agência.

3º Passo:
Se ainda assim o problema persistir, recolha o máximo de informação possível de modo a sustentar, documentalmente, a reclamação que terá de fazer depois de regressar.
Dicas:
• Reclame no local por escrito, e guarde cópia dessa reclamação, preferivelmente com prova de que foi recebida;
• Reúna fotografias, recibos de despesas que tenha eventualmente feito, cópia das reclamações apresentadas;
• Principalmente, desfrute na medida do possível do que pode ainda aproveitar da viagem e tenha a certeza de que, no regresso, será justamente compensado. Afinal está a falar com uma agência da APAVT.

 

 

DEPOIS DO REGRESSO

 

O que fazer?
Se tiver alguma reclamação, o Provedor do Cliente está à sua disposição. Note que a sua reclamação terá de ser apresentada no prazo máximo de 20 dias úteis após a data do regresso, sob pena de já não poder apreciada.

1º Passo:
Reúna todos os dados relativamente ao que o leva a reclamar;

2º Passo:
Deve juntar cópia da factura/recibo emitidos pela sua agência e a indicação do operador turístico que a organizou (quando aplicável) e a indicação da viagem;

3º Passo:
Preencha aqui o formulário e submeta a sua reclamação. Se preferir, poderá fazê-lo através do email provedor@provedorapavt.com ou do fax no 21 314 50 80.

O Viajante

Não sou jornalista e muito menos escritor, sou curioso e gosto de partilhar as minhas experiências. Este é o local ideal de partilha de um casal curioso, que adora viajar, para perto ou longe, o que interessa é ir!

Deixe o seu comentário

+ 73 = 83